terça-feira, 23 de maio de 2017

PF: Desarticulada quadrilha suspeita de roubos contra os Correios e explosões de caixas eletrônicos

Foto: Assessoria
Policiais federais da Superintendência Regional de Natal e da Delegacia de Mossoró, da Polícia Federal (PF), concluíram nesta terça-feira (23), a Operação Oriente, deflagrada no último final de semana visando desarticular uma quadrilha suspeita de praticar diversos roubos contra agências dos Correios e, também, explosões de caixas eletrônicos em cidades do interior do RN e do CE.
Ao longo da operação, a PF conseguiu capturar sete pessoas, a maioria delas em São Gonçalo do Amarante e Parnamirim, região metropolitana de Natal, e apreendeu um menor que fazia parte do bando, o qual agia como “olheiro” ou seja, entrava nas agências sem levantar suspeitas, observava o movimento e depois repassava as informações para que o restante do bando pudesse agir.
Entre os detidos estão quatro acusados da tentativa de assalto ocorrida em 29 de março passado contra a agência dos Correios de Jandaíra, destaca informação da assessoria de imprensa da instituição.
Naquele dia, dois deles adentraram inicialmente na agência, se passando por clientes.
Pouco minutos depois, saíram e outros dois comparsas tentaram passar pela porta giratória, porém, o vigilante percebeu a ação e correu para o interior da agência.
Houve troca de tiros com um dos acusados que estava armado com uma pistola.
Os homens fugiram sem nada levar.
A investigação visando identificar e prender os membros dessa quadrilha teve prosseguimento no dia de hoje com a detenção na cidade de Mossoró de um suspeito de ter participado em 08 de março de um furto, mediante o uso de explosivo, contra a agência do Banco do Brasil da cidade de Icapuí (CE).
Com as provas colhidas durante o cumprimento dos mandados judiciais e, ainda, após o interrogatório dos presos, surgiram indícios da participação de alguns deles em outras ocorrências criminosas, como no ataque ocorrido contra as agências do Bradesco e do Banco do Brasil da cidade de Jaguaruana (CE) que foi sitiada em 1º de abril por uma quadrilha calculada em mais de 20 homens fortemente armados, ocasião em que houve enfrentamento e na troca de tiros com a Polícia Federal, Polícia Civil e Polícia Militar do RN, resultou na morte de seis assaltantes e na prisão de outros cinco.
Os acusados presos na Operação Oriente estão custodiados no Sistema Penitenciário do RN onde permanecem à disposição da Justiça.
Já o menor, foi encaminhado à Delegacia Especializada de Atendimento ao Adolescente Infrator (DEA).


Nenhum comentário:

Postar um comentário